Réflexions sur l'Evangile

Feast of the Ascension

Mark 16:15-20

Feast Day Reflection by Sister Katy Webster

Publié: May 10, 2018

Lire Mark 16:15-20

Jesus said to his disciples:"Go into the whole world and proclaim the gospel to every creature. Whoever believes and is baptized will be saved; whoever does not believe... Lire la suite…


Chegamos ao fim do Evangelho de Marcos e nos achamos ao início da missão dos apóstolos e das apóstolas.  “Ide por todo o mundo, proclama  o Evangelho a toda criatura.” Lembramos que neste momento não tinha um livro nem um livrinho escrito.  O Evangelho que os discípulos e as discípulas estão enviadas a proclamar é a experiência vivida de caminhar, vivenciar, e compartilhar a missão de Jesus.

Os discípulos e as discípulas tinham acabado de viver um período de uns 40 dias entre a crucifixão com todo aquele horror e medo e a Ressurreição com todo espanto, dúvida, esperança que isso provocou e este evento da Ascensão de Jesus.  Este tempo os evangelistas contam era uma experiência intensa entre este grupinho e Jesus, um tempo de conversar, questionar, partilhar comida, pão e peixe, tocar.  Imagino que estes dias eram um tipo de consolidação daquilo que eles tinham vivido durante os três anos de vivência com Jesus.  Era o último aprofundamento com Jesus. Tem eco dos quarenta dias que Jesus passou no deserto, com as tentações do diabo e ele afirmou o que era sua missão na terra.  .  Tem eco dos quarenta anos do Povo de Deus no Deserto depois da libertação da escravidão no Egito onde o povo aprendeu ser povo de Deus.  Nestes dias com Jesus tiveram experiências que ajudaram eles fixar esta missão que Jesus entregue a eles e a elas.  Ide por todo o mundo e proclama o Evangelho a toda Criatura,  e isso é feito por viver o Evangelho.

O relacionamento com Jesus agora é transformado.  Jesus está com eles e elas, mas, não o veem.  Jesus está presente e se manifesta na vivência do Evangelho.

A prova que os/as apóstolos/as conseguiram transmitir a Boa nova é na ação daqueles e daquelas que viram e ouviram a mensagem.  Os sinais que o povo creu estão na ação:  expulsar demônios, falar novas línguas, pegar em serpentes, beber veneno sem nada acontecer e tocar nos enfermos e os enfermos são curados.  Na proclamação do Evangelho, na vivência do Evangelho outras são empoderadas para agir em favor da vida, em favor da liberdade.

Isso não é um simples prestação de conta pela atividade feita:  quem fez bem passa, e quem não fez perde tudo.  Mas é uma discussão de uma postura de vida, uma posição na vida.  Se estou alinhado com o Evangelho, que para mim é  viver as Bem- Aventuranças, eu posso responder aos demônios, pegar nos serpentes, beber veneno, curar os doentes.  Então o sinal que os apóstolos estão transmitindo a mensagem é que as pessoas que recebem o Evangelho fazem estas ações, estão enfrentando todo tipo de perigo, estão curando, tem uma vivência diferente.   

No 9 de janeiro, Gazimiro, um agricultor que estava num grupo que ia ser beneficiado por uma terra onde tinha gente grilando a terra, ouviu o plano dos pistoleiros de matar uma pessoa que era conhecido como líder deste povo.  De repente estes pistoleiros perceberam que ele estava ouvindo a conversa.  Chamou ele e ofereceu 30 mil reais e a garantia de um pedaço de terra se ele ia fazer só uma coisinha:  Ligar para Valdenir (alvo dos pistoleiros) e pedir que ele viesse conversar com ele na sua casa.  Assim ele ia ser numa boa posição para matar.  Gazimiro saiu desta conversa e foi diretamente para a casa do Valdenir e disse para ele que era hoje que ele ia ser morto:  some!  Um dos pistoleiros tinha seguido Gazimiro.  Aquela noite Valdenir foi morto perto da sua casa, e Gazimiro foi morto em frente da casa dele também.  Deste a morte destes dois homens o grupo que está lutando por esta terra se uniu mais, e continua enfrentando ameaças e tentações de abandonar esta luta.  Eles têm direito, mas a força dos grileiros às vezes parece que vai dominar.  

De onde vem a força e a coragem de defender a vida até as últimas consequências?  Isso não é a proclamação do Evangelho?  Isso não é a continuação da missão de Jesus?

 

« Voir tout Évangile Reflections